Nota de pesar: morre o desembargador Luis Antonio Ganzerla

Ganzerla  foi presidente da Seção de Direito Público.

 

        Os integrantes do Tribunal de Justiça de São Paulo se irmanam aos parentes, amigos e colegas de Magistratura na dor pelo falecimento do desembargador Luis Antonio Ganzerla, ocorrido hoje (11). O desembargador Ganzerla presidiu a Seção de Direito Público no biênio 2010/2011 e atualmente integrava a 11ª Câmara de Direito Público do Tribunal. Também integrou o Órgão Especial no biênio 2012/2014. A Presidência do Tribunal de Justiça decretou LUTO OFICIAL até o dia 16, quarta-feira (inclusive), em todo o Judiciário Bandeirante.

        O velório será hoje (11), a partir das 20 horas, no Cemitério do Araçá (Av. Dr. Arnaldo, 666 – Cerqueira César – São Paulo) e o sepultamento acontecerá às 12 horas de sábado (12) , no mesmo local.

        Luis Antonio Ganzerla nasceu em 1948, na Capital paulista. Bacharelou-se pela Faculdade de Direito da Universidade Mackenzie em 1971. É magistrado desde 1981 e foi substituto nas 70ª Circunscrição Judiciária, com sede em Birigui; 51ª CJ, com sede em São Caetano do Sul; e 3ª CJ, com sede em Santo André. Como juiz de 1ª entrância, judiciou em Juquiá; na 2ª, em Carapicuíba; e na 3ª, em Poá e na Capital. A entrância especial foi na 5ª Vara Cível Central e em 1994 passou a atuar como juiz substituto em 2º grau. Em 2000, foi promovido para o Tribunal de Alçada Criminal e tomou posse como desembargador no ano de 2005.

         

        Comunicação Social TJSP – AM (texto) / AC (foto)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail