Agenda Institucional_TJSP

Reuniões de trabalho na Presidência e na Vice-Presidência.

 

        O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, participou hoje (2) de evento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Na abertura, o presidente da Febraban, Murilo Portugal, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, falaram para a plateia composta de dirigentes de bancos, da classe empresarial e de integrantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Também estavam presentes o ministro Nelson Jobim; o ex-presidente do Banco Central Ilan Goldfajn; o deputado federal Alexis Fonteyne; o secretário estadual de Educação, Rossieli Soares; presidentes das instituições financeiras; presidentes e representantes das federações, associações e instituições do mercado financeiro; ex-presidentes, diretores e integrantes dos conselhos colaboradores da Febraban. Também prestigiou o evento o presidente do Conselho do Insper Direito, Jairo Saddi, que é doutor em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo e tem pós-doutorado pela Universidade de Oxford.

        Nas exposições, ambos discorreram sobre o desempenho da economia brasileira e mundial ao longo do ano e ressaltaram que as previsões para 2020 são positivas. “Temos grandes desafios, o panorama internacional traz incertezas, mas temos razões para sermos otimistas sobre o futuro”, ressaltou Murilo Portugal. Roberto Campos Neto falou sobre as políticas adotadas pelo Banco Central desde que assumiu o cargo, sobre os projetos em andamento, com estímulo ao crédito privado, e, também, sobre as transformações no mundo e no mercado, que impactam o cenário nacional. “Tivemos um crescimento nas plataformas digitais na parte de crédito de 300%. Muitos bancos já têm unidades digitais separadas”, contou. Ele também destacou a importância da educação financeira: “Entendemos que parte da razão da inadimplência é o fato de que não conseguimos avançar na educação financeira. Temos uma iniciativa Febraban nesse sentido, mas é fundamental a educação nas escolas.”

        Para o presidente Pereira Calças, as explanações feitas durante o evento apresentaram um panorama sobre a realidade econômica e mercadológica brasileira e internacional. “Para nós, julgadores, é de fundamental importância ter a real percepção dos cenários político, econômico e fiscal na análise dos processos, pois não podemos trabalhar distanciados da realidade.”

        Mais tarde, o presidente se reuniu com o secretário executivo municipal Ricardo Tripoli. Acompanharam a reunião os juízes assessores da Presidência Airton Pinheiro de Castro e Ricardo Dal Pizzol (Assuntos Jurisdicionais).

        Também nesta segunda-feira, o presidente da Seção de Direito Público, desembargador Getúlio Evaristo dos Santos Neto, reuniu-se em seu gabinete com o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Poggio Smanio e com o procurador de Justiça Edgard Moreira da Silva.

        Na sexta-feira (29), o vice-presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Artur Marques da Silva Filho, reuniu-se com o prefeito de Caconde, José Bento Felizardo Filho. A reunião foi acompanhada por Lásaro de Carvalho, primo do desembargador e morador da cidade.

 

        Comunicação Social TJSP – AA e DM (texto) / AC e PS (fotos)

        imprensatj@tjsp.jus.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL

NotíciasTJSP

Cadastre-se e receba notícias do TJSP por e-mail